Como se preparar para concurso público na área do Direito

 width=

A professora de Direito da Candido Mendes e procuradora do município de São Francisco do Itabapoana, Helen Carneiro, explica como ela conquistou essa tão sonhada aprovação em um concurso público.

“Primeiro lugar é muito estudo. Nós passamos cinco anos na faculdade, tendo nosso alicerce. Quanto melhor for a base, mais fácil se alcançar a aprovação. Mas não adianta só os cinco anos de faculdade. Depois, vem o que a gente chama de 11° período, onde o aluno vai ter que se esforçar, se esmerar para chegar a sua tão sonhada aprovação. No meu caso, foi um ano inteiro de dedicação. Estudava durante a semana. E me deslocava para o Rio de Janeiro todo fim de semana para fazer curso preparatório para concurso público, que me ajudou muito. Depois disso, fui prestando diversos concursos até conseguir passar. E agora em maio, completo 17 anos de procuradoria do município.
A primeira coisa que a pessoa deve observar na Faculdade de Direito é, na medida em que vai estudando as matérias, observar o que chama mais atenção. Por exemplo, se a pessoa é boa em processo penal, gosta demais da área, talvez seja interessante estudar para concurso da polícia. E recentemente o governador do Estado do Rio de Janeiro anunciou cerca de 160 vagas para delegado de polícia, que é um cargo privativo do graduado de Direito. “

Os concursos para Técnicos e Analistas do Poder Judiciário (Estadual e Federal); Defensoria Pública (Estadual e da União); Procuradorias; Ministério Público; e Magistratura são os mais concorridos e com salários mais atrativos. Já quem busca vaga na área de segurança pública não pode ficar focado só nos livros. Isso porque quem presta concursos para Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Agente Penitenciário Federal, além das forças armadas, tem que se dedicar também à preparação para o TAF, Teste de Aptidão Física. Quem vai explicar melhor como esse teste funciona e dar dicas e orientações sobre essa etapa do concurso é o professor de Educação Física Flávio Lopes.

“O importante é a pessoa cuidar da saúde, para seu bem-estar, viver bem. Assim, quando vier o concurso, a pessoa já está um passo além. Geralmente, as pessoas só procuram se preparar para o teste físico depois que recebe o resultado da prova escrita. E às vezes não dá tempo de alcançar as marcas que o concurso exige.
Um dos testes mais difíceis em concurso público é o teste aeróbico, que é para correr em 12 minutos 2.400 metros, dependendo da faixa etária, isso significa que o candidato precisa atingir no mínimo 12km/h. E muitas vezes esse teste é realizado 11 horas, meio-dia, com sol forte. Se a pessoa não estiver bem fisicamente, é difícil a pessoa passar nesse concurso. E tem ainda os testes musculares, como de impulsão, força de braço.
Não há um tempo definido para preparação. Tem pessoas que tem o dom do preparo físico, da força muscular, geneticamente faz a atividade com facilidade. Mas é a minoria. É bom mesmo ir treinando, enquanto está fazendo o curso. Não precisa esperar o último ano, quando for prestar o concurso, para começar a treinar. Já vai treinando para o bem-estar, viver bem, estudar melhor, para diminuir o estresse. Para quando pintar o concurso, é só lapidar o treinamento para se preparar para realizar o teste no concurso.
Aqui na Universidade Candido Mendes temos uma academia, que tem o objetivo de saúde e bem-estar. Esse espaço é aberto aos alunos e à comunidade. Treinando com a gente, a pessoas vai estar preparada fisicamente para qualquer concurso.”

A Candido Mendes tem um programa especial para essa galera concurseira do Direito. Nos últimos períodos da graduação são ministradas aulas específicas para provas de concurso e o professor de educação física prepara os acadêmicos candidatos para o TAF aqui na academia da universidade.

A professora Helen Carneiro explica que no último período do curso de Direito na Candido Mendes, o aluno tem um curso específico para a prova da OAB, por exemplo. “ Nosso aluno tem saído da faculdade já aprovado no Exame de Ordem. E é muito importante que se diga, a você que está pensando em concurso na área jurídica, na grande parte dos concursos de destaque, necessita do Exame de Ordem, se exige a carteirinha da OAB. Aqui o aluno estuda para fazer o Exame de Ordem e esse estudo já um estudo para concurso. Olha que interessante. Como é rico isso.Maravilhosa essa oportunidade para o acadêmico.”

Aguarde, realizando operação...
CLIQUE PARA ACESSAR: